Políticos em pânico com a prisão de Lula

Os políticos implicados na Lava Jato — de todos os partidos — estão em pânico com a prisão de Lula.

No início, eles achavam que a Lava Jato não chegaria em Marcelo Odebrecht. Chegou.

Depois, eles passaram a achar que a Lava Jato não pegaria peixes graúdos do núcleo político do petrolão. Pegou.

Em seguida, eles acharam que Lula se livraria da prisão graças ao STF. Não se livrou.

Agora, eles apostam as fichas no fim da prisão em segunda instância e na manutenção do foro privilegiado.

Não há garantia de que vão ganhar a aposta. Pânico, pânico, pânico.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 69 comentários
  1. Senhores ministros do $TF, petistas e comunistas, os brasileiros de bem não têm bandidos de estimação!
    O efeito dominó: é isso que tucanos e emedebistas temem.
    Lula vai puxar a fila. Dirceu é o primeiro da fila. Isso não vai parar, é só o começo. Olha o tamanho da fila: Gleisi, Paulo Bernardes, Mantega, Dilma, Gabrielli, Berzoini, Temer, Renan, Jucá, Lobão, Eunicio, Eliseu Padilha, Aécio, Serra, Aloysio, Alckmin, Collor, Sarney, Rodrigo Maia, Eduardo Paes, Gilmar Mendes, Marcos Aurélio Mello, Toffoli, …
    PSDB, PT e MDB formam a Tríade da ORCRIM, a maior organização mafiosa do planeta.
    Tudo começou em Curitiba com a Força-Tarefa. Depois surgiu Bretas no RJ. Só a Lava Jato do DF está travada: aqui os desvios chegam na centenas de bilhões de reais.
    Moro é o cara!

    1. Para ter uma pequena noção do rombo, isso porque se examina por enquanto a Petrobrás, é só fazer a conta ao contrário. Ou seja, se, como falam, a propina atingiu 6 bi e isso representa 1%, 100% são 600 bi. E aí, tem que se pensar em Eletrobrás, Fundos de Pensão(são muitos), empréstimos do BNDES, que segundo um ministro do TCU, acho que Shermann, disse que os empréstimos de 2002 até 2015 somavam 1 trilhão e 200 bilhões e a maioria irregular. Esta história foi abafada e caiu no esquecimento. Some-se aos citados BB e CEF. Isso a nível federal. Que tal irmos para os níveis estadual e municipal? Ah! não devemos nos esquecer dos cartões corporativos. Quantos em Brasília, a ilha da fantasia, possuem, pagam contas, tiram dinheiro no caixa eletrônico e quem paga somos nós.

  2. Basta ser membro de carteira do Quadrilhão Multipartidário para temer uma estada no xilindró. Ninguém se esconderá atrás da sua legenda, seja ela um partido ou um grupo de interesse que posa de agremiação política. A teoria do dominó sangrento surtirá efeitos previsíveis: caindo um, cairão todos a seguir.
    Mais temerosos estão chicaneiros dedicados à soltura, os amigos da prescrição como estratégia de não-decisão, patronos da impunidade, sem a qual a cleptocracia no Brasil já teria recebido o tranco necessário para conter o seu avanço vertiginoso. A banda podre do Judiciário tem parentes. padrinhos e afilhados inscritos no Quadrilhão. Sofrem pressão para resgata-los como no passado, quando a Lava Jato não existia, ou enquanto Joaquim Barbosa não exercia seu impacto salutar no STF.

  3. Três senadores do PSDB, quatro senadores do PMDB e um senador do PT estão negociando com Agilmar uma vaguinha na Quinta dos Receptados. Vai ter bode na sala !!!

  4. Eu até acreditaria, não fosse o fato de que eles vão ser obviamente inocentados pela justiça. O que ja tem de politico sabidamente corrupto sendo livrado da cadeia …

  5. Se Rosa Weber mantiver a lógica, não mudará a prisão em segunda instância porque causará instabilidade e insegurança jurídica. ENGANO.. O STF não existe mais do jeito que o conhecemos…tenho a impressão que de hoje em diante já estamos sob comando militar…O que os petistas fizeram hoje ainda não foi completamente digerido… Serão proscritos em poucos dias…quem viver verá…

  6. Daí o acordão entre todos, PT, MDB, e PSDB. Daí a insistência de seu “advogados” ministros do STF em livrá-los em artifícios, julgamentos e declarações. Jader Barbalho se solidarizou, hoje com Lula, Sarney lastimou a prisão de Lula. MDB e PT juntos de novo. Roubaram juntos na Petrobrás, saquearam juntos o erário, brigaram pelo espólio do País com dez milhões de desempregados e inflação de dois dígitos(com Dilma)
    Golpistas derrubaram golpeados e agora, juntos de novo.

  7. A bichinha reinaldete está em pãnico…vai morar em Curitiba junto com o patrão…O STF não segura mais nada.. estão com o rabinho entre as pernas.. e agora depois do ataque a Carmem Lucia..Chefe do Poder Judiciario.. coisa muito grave….acabou..Tenho a impressão que as FFAA vão ter que assumir a massa falida…

  8. A classe política brasileira, quanto mais ela é pressionada, mais ela deixa transparecer que eles ficam em pânico. Quanto mais em pânico, mais eles escancaram que eles vão fazer de TUDO para se salvarem, deixando claro que eles Governam em causa própria. O que é muito bom por um lado, porque assim a grande maioria da população vai tomando conhecimento do LIXO que é a classe política, um antro de esquerdistas que ficam SUGANDO a República e legislando em causa própria.

  9. Jogaram veneno no porão do navio…
    Colocaram várias ratoeiras…
    Os ratos estão em pânico!
    Se isso é bom para o Brasil, não se sabe…
    A calada da noite e as madrugadas existem para que esses políticos pilantras criem leis para se proteger….
    Manutenção do Foro Privilegiado e não ser preso após segunda instância é a meta dos patifes de plantão, ora travestidos de políticos eleitos….

  10. Esse é o problema! Esses vagabundos tem sempre uma cartinha na manga, eles tem o poder de (tentar) modificar leis para livrar suas caras de pau. E fica nessa punheta sem fim: o país parando a cada investida judicial temperada com politicagem. Ficamos nessa tensão. Não se fala em outra coisa. É o maior absurdo o STF parar pra julgar um habeas corpus de alguém que nem foi preso ainda, e pior, todo a apelo midiático necessário para fazer com que a população se manifeste para poder pressionar os bandidos do STF, como se nós, trabalhadores reais que bancamos todo esse circo de horrores e os luxos dessa corja, não tivessemos mais o que fazer.

  11. Depois do Lula, por ordem de bandidagem, a Lava Jato precisa prender:
    Dilma Rousseff;
    Gleisi Hoffmann;
    Lindbergh Farias;
    Renan Calheiros;
    Lobao;
    Sarney;
    Jucá;
    Jader Barbalho;
    Fernando Henrique Cardoso;
    José Serra;
    Aécio Neves;
    Collor de Mello…
    Tem muito bandido pra ser preso no Brasil!

    1. Faltando os Marinhos, Mesquitas, Frias e Civitas indo para a guilhotina junto com os Torquemada do judiciário e da lava jato.

    1. Felizmemte, até o fim do mandato desse congresso ridículo, não rolam mais PECs, por conta da intervenção no Rio.

    1. Proteção do moro? Você eh idiota? Esses políticos que você falou TEM FORO PRIVILEGIADO SEU IDIOTA!!! Eles são protegidos pelos ministros do STF que o LULA INDICOU!!!! Se o lula tivesse indicado juízes de verdade pro STF todos os políticos corruptos já estariam presos!!! Deixa de ser idiota

    2. Ai que burro!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Aécio tem foro, não pode ser atingido pelo Moro! hahahahahaha
      Ou melhor: burrice ou intelectualmente desonesto? Desista, MAV! Perdeu!

    1. Equanto houver um Estado grande, haverá grana pros políticos roubarem. Tem de privatizar tudo o que for possível! Saúde pública nao funciona nem em países do primeiro mundo, como Reino Unido e Canadá. Universidade pública é um espanto. Deveriam concentrar os recursos públicos no ensino fundamental.

  12. Por isso o desespero de beiçola e sua intrépida trupe para soltar todo mundo e enterrar a lava jato.
    mas não conseguirão.
    A Lava jato deve ser indicada para o Prêmio Nobel, por fazer o que parecia impossivel: prender os maiores ladrões e assassinos em um dos países mais corruptos do mundo.

    1. Isso mesmo. Estou amando esse momento do Brasil. Estamos crescendo .
      Se todos são corruptos que vão todos pra cadeia. Se votei no corrupto não vou ficar defendendo que me traiu. Cadeia neles.

  13. Rosa tem sua opinião, mas também sabe que mudança neste momento seria desastroso, podem tirar o cavalinho da chuva. Este momento é mais histórico que a posse do condenado em 2003.