Políticos integravam 'lista VIP' de testes para a Covid-19 no DF

Mensagens usadas para embasar a segunda fase da Operação Falso Negativo, que mirou a cúpula da Secretaria de Saúde do DF, indicam que havia uma “lista VIP” para fazer testes de Covid-19 em Brasília, incluindo políticos e empresários.

A “lista” teria beneficiado mais de 170 pessoas. Diálogos apreendidos mostram que o ex-secretário de Saúde Francisco Araújo, preso ontem, exigiu ao Laboratório Central do DF agilizar a entrega dos resultados dos testes de Luiz Estevão e José Roberto Arruda.

LEIA AQUI a reportagem completa na Crusoé.

Leia mais: Sócios no desastre: a responsabilidade dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais notícias
TOPO