Por falta de quórum, STJ adia caso Pimentel

A Corte Especial do STJ adiou o julgamento do recurso em que Fernando Pimentel pede para que a Assembleia Legislativa de Minas Gerais decida sobre a abertura de ação penal contra ele.

O motivo do adiamento no dia do retorno do recesso: falta de quórum.

O mês inteirinho de férias não foi suficiente para os ilustres doutores descansarem?

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200