Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Por PSL, Bolsonaro deve 'enterrar' a Aliança pelo Brasil

Por PSL, Bolsonaro deve enterrar a Aliança pelo Brasil
Foto: Reprodução/Redes sociais

As negociações para a volta de Jair Bolsonaro ao PSL têm sido coordenadas pelo 2º vice-presidente do partido, Antonio de Rueda.

O Antagonista apurou que Flávio Bolsonaro também tem organizado reuniões entre bolsonaristas e a cúpula do PSL, para viabilizar a “reconciliação” citada pelo presidente ontem.

A reaproximação ganhou força em julho, após deputados do PSL ligados ao Planalto intensificarem a tentativa de reverter a punição do partido, que determinou o afastamento de 12 parlamentares de suas funções na Câmara.

A cúpula do PSL definiu que, para revogar a suspensão dos parlamentares, seria necessária uma contrapartida. Em reuniões, segundo um deputado, Bolsonaro e os bolsonaristas se comprometeram a “enterrar” a Aliança pelo Brasil e permanecer na sigla até 2022.

Na quarta-feira (19), o Conselho Superior do PSL se reunirá em Brasília para discutir o uso do Fundo Partidário. Espera-se que, após o encontro, Luciano Bivar e Bolsonaro conversem pessoalmente sobre o retorno do presidente.

Leia mais: Por que os depósitos de Queiroz para Michelle Bolsonaro NÃO foram incluídos na investigação da 'rachadinha'? Estratégia
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO