Por que Geraldo Alckmin é Geraldo Alckmin?

O UOL noticia que a ocupação das escolas estaduais em São Paulo continuará. Segundo o portal, “Os alunos rejeitaram a proposta apresentada pelo secretário estadual de Educação, Herman Voorwald, que oferecia a suspensão da execução do plano pelo período de 10 dias. De acordo com o representante da gestão Alckmin, durante este espaço de tempo as escolas deveriam debater o assunto internamente para apresentarem uma proposta alternativa ao governo”.

É extraordinário: Geraldo Alckmin alardeia uma reorganização das escolas que poderia ser feita sem barulho; com isso, dá pretexto para a esquerda pirulito fazer agitação, invadir estabelecimentos e apanhar na frente da TV; às voltas com escolas ocupadas, Geraldo Alckmin aumenta a propaganda oficial, com o nosso dinheiro, para dizer que a reorganização é boa, mas volta atrás no caso de uma escola; com a esquerda pirulito cada vez mais sob os holofotes, o governador abre diálogo e propõe adiar a reorganização para que “as escolas debatam internamente uma proposta alternativa”; a esquerda pirulito recusa a oferta, evidentemente, e resta a Geraldo Alckmin bancar o pastel.

Perguntas: se há “proposta alternativa”, por que o próprio Geraldo Alckmin não a apresentou? Por que ele não levou a discussão aos professores, funcionários e pais de alunos antes de começar essa confusão? Por que Geraldo Alckmin é Geraldo Alckmin?

Faça o primeiro comentário