Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Por que, governo Bolsonaro, um senador tem esse direito e os outros não têm?", questiona Kajuru, sobre 'clube VIP' do Congresso

“Por que, governo Bolsonaro, um senador tem esse direito e os outros não têm?”, questiona Kajuru, sobre clube VIP do Congresso
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Jorge Kajuru (Cidadania) ocupou a tribuna há pouco para comentar a divulgação dos dados, por O Antagonista, sobre a liberação de verba extra do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) no fim do ano passado.

“Por que, governo Bolsonaro, um senador tem esse direito e os outros não têm? Quer dizer, então, que Davi Alcolumbre é mais importante do que eu? Para mim, todo mundo aqui era igual.”

Kajuru chamou a atenção para o fato de Macapá, cidade do presidente do Senado, ter sido a cidade que mais recebeu recursos no apagar das luzes de 2019.

“Logo a capital do presidente do Senado, uma cidade bem pequena.”

Como temos mostrado em uma série de reportagens exclusivas desde ontem, R$ 3,8 bilhões alocados em PLNs e aprovados numa série de rápidas votações já saíram do MDR nos últimos dias do ano passado carimbado por caciques partidários em convênios direcionados a atender interesses paroquiais, como revitalização de praças, pavimentação de ruas e construção de pontes.

Esses convênios foram negociados diretamente no ministério pelo grupo de líderes partidários ligados preferencialmente a Davi Alcolumbre – sem critério conhecido e em detrimento da maioria dos parlamentares.

Leia também:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO