Por que não?

Jorge Bastos Moreno, de O Globo, noticia que assessores de Dilma Rousseff sondaram Sepúlveda Pertence para ser o advogado da petista no processo de impeachment. Sepúlveda Pertence não respondeu.

Por que não o criminalista Kakay?

Faça o primeiro comentário