Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Se terceira via não costurar aliança, o povo costura, diz Paulo Hartung

Em entrevista ao Papo Antagonista, o ex-governador do Espírito Santo reconheceu que há vaidades entre os possíveis candidatos da terceira via
Se terceira via não costurar aliança, o povo costura, diz Paulo Hartung
Arte: Joelto Mata

O ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, disse, em entrevista ao Papo Antagonista, que as diferenças entre os possíveis candidatos da terceira via serão superadas naturalmente, ainda que não haja um acordo em torno de um nome.

Hartung afirmou que a vontade popular passará por cima das vaidades.

“Se a gente conseguir unir em torno de um nome, é extraordinário. Se a gente não conseguir, não conseguir derrubar alguns muros, o muro das vaidades, muro dos projetos pessoais, o povo faz isso. O povo tem sabedoria política, conhece esse jogo. Se os líderes não conseguirem costurar essa aliança, o povo costura.”

“Um líder tem que tocar a emoção dos brasileiros. O seu Pedro, a dona Maria, têm que ouvir essa mensagem e falar: ‘a nossa vida vai melhorar’. É preciso um fio terra com a sociedade brasileira. O Brasil é muito grande e muito diverso. É preciso dialogar com todos os Brasis. A gente precisa trocar a irrelevância do centro expandido de 2018 pela relevância de 2022.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO