PP e PT novamente juntos

O dono do PP, Ciro Nogueira, uniu-se ao PT.

Ele disse ao Estadão que fechou acordo com o governador do Piauí, o petista Wellington Dias, para disputar o Senado em sua chapa:

“Vamos separar os palanques de presidente”.

Mais ou menos da mesma maneira que ele separou em quatro parcelas os pagamentos de propina da UTC, segundo a PGR.