ACESSE

"Preconceito de Bolsonaro deixa 60 milhões sem médicos", diz PT

Telegram

O PT ataca Jair Bolsonaro pela retirada de Cuba do Mais Médicos.

“O preconceito ideológico, a ignorância sobre políticas públicas e a falta de sensibilidade social de Jair Bolsonaro vão deixar 60 milhões de brasileiros sem a assistência de 8,5 mil médicos cubanos participantes do programa Mais Médicos, criado em 2013 pelo governo da presidenta Dilma Rousseff”, diz o partido, em nota.

“As consequências vão recair sobre a população, especialmente os mais pobres e mais vulneráveis. A responsabilidade por mais esse desastre social recairá sobre Jair Bolsonaro e sobre os poderosos que o apoiam.”

O futuro do Brasil: venha discutir com DIOGO MAINARDI, MARIO SABINO, CLAUDIO DANTAS e convidados. AQUI

Comentários

  • Joelson -

    Cada vez esse numero aumenta...eram 24, depois 28, agora 60 milhões, daqui a pouco toda a população da China vai ficar sem atendimento medico dos cubanos

  • Bianca -

    Por que voces noticiam isto desta forma, e nao, "Medicos cubanos deixam o pais e vagas para medicos brasileiros estao abertas novamente" ? Por que querem atrapalhar coisas boas? Ignorancia?

  • Jose -

    Um governo sério jamais firmaria um contrato de ESCRAVIDÃO com Cuba. Infelizmente os canalhas vermelhos do passado estavam governando o Brasil. Lamento pelos profissionais ESCRAVOS e não por Cuba.

Ler 404 comentários