"Preconceito de Bolsonaro deixa 60 milhões sem médicos", diz PT

O PT ataca Jair Bolsonaro pela retirada de Cuba do Mais Médicos.

“O preconceito ideológico, a ignorância sobre políticas públicas e a falta de sensibilidade social de Jair Bolsonaro vão deixar 60 milhões de brasileiros sem a assistência de 8,5 mil médicos cubanos participantes do programa Mais Médicos, criado em 2013 pelo governo da presidenta Dilma Rousseff”, diz o partido, em nota.

“As consequências vão recair sobre a população, especialmente os mais pobres e mais vulneráveis. A responsabilidade por mais esse desastre social recairá sobre Jair Bolsonaro e sobre os poderosos que o apoiam.”

Comentários

  • Joelson -

    Cada vez esse numero aumenta...eram 24, depois 28, agora 60 milhões, daqui a pouco toda a população da China vai ficar sem atendimento medico dos cubanos

  • elisabeth -

    E onde estão os milhões de brasileiros desempregados, que jamais se sujeitarão a receber 30% do salário?Coisas de trabalho escravo permitido pela Dilma a LOUCA e o partido corrupto, Viva Bolson

  • antonio -

    Vocês de "O Antagonista" têm mesmo de publicar essas mentiras petistas?

Ler 407 comentários