Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Prefeito ligado ao PCC é condenado por disparo de arma de fogo

Prefeito ligado ao PCC é condenado por disparo de arma de fogo
Foto: Reprodução/ Redes Socias

A Justiça de São Paulo condenou o prefieto de Embu das Artes, Ney Santos, a 2 anos e 4 meses, em regime inicial aberto, por um disparo de arma de fogo em via pública.

Como mostrou a Crusoé, ele é investigado pela polícia e pelo Ministério Público de São Paulo por suposta ligação com o PCC em um esquema de lavagem de dinheiro em postos de combustíveis.

De acordo com a sentença da juíza Tatyana Jorge, Ney Santos realizou disparos no dia 18 de dezembro de 2015, quando era veredor, depois de uma confusão entre seus correligionários e um adversário político.

As equipes entraram em discussão após a equipe de Ney Santos arrancar uma faixa de felicitações do adversário e substitui-la por outra do vereador.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO