Prefeitura do Rio diz que 'herdou' contratos com a Iabas

Prefeitura do Rio diz que herdou contratos com a Iabas
Foto: Valter Campanto/Agência Brasil

A Prefeitura do Rio emitiu uma nota sobre a operação deflagrada hoje pela Polícia Civil do estado para investigar desvios de R$ 6,5 milhões em contratos do Iabas com a Prefeitura do Rio.

No texto, a prefeitura destaca que “herdou” a contratação da Iabas da gestão do prefeito anterior, Eduardo Paes, e que desqualificou a organização social em abril de 2019.

“Crivella desqualificou a Iabas, após um processo com ampla defesa, por não atingir 50% das metas propostas no contrato de gestão. O motivo da desqualificação, portanto, foi má gestão dos recursos públicos, gerando desassistência aos usuários.”

A prefeitura também afirmou que não tem mais contratos com o Iabas e multou-o em R$ 27,9 milhões.

Como mostramos, foram cumpridos nesta manhã cinco mandados de prisão contra suspeitos de desviar R$ 6,5 milhões em contratos da Iabas com a Prefeitura do Rio, nas gestões de Paes e Crivella.

O Iabas também é investigado por contratos recentes com o governo de Wilson Witzel, para a instalação e gestão de hospitais de campanha para o enfrentamento da Covid-19.

 

 

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. "A esquerda sabe a verdade"

  3. O bolsonarista Eduardo Cunha

  4. Sobra leite condensado, falta transparência do governo

  5. Justiça Federal suspende distribuição da vacina de Oxford em Manaus

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários
TOPO