Presidente CCJ da Câmara acata pedido de Onyx e adia convocação

O presidente da CCJ da Câmara, Felipe Francischini, aceitou o pedido de adiamento da convocação de Onyx Lorenzoni para comparecer à comissão.

A nova convocação será marcada para a próxima terça, dia 18, às 14h.

O ministro foi convocado pela comissão para comparecer na sessão de hoje, mas argumentou que os seus compromissos são agendados com 15 dias de antecedência, e não poderia cancelar a agenda para ir ao Congresso.

Hoje, Onyx tem encontro com o presidente Bolsonaro, no Palácio do Planalto, e com representantes da indústria vinícola, para tratar do acordo Brasil-Mercosul.

Pela Constituição, o colegiado poderia considerar crime de responsabilidade se a justificativa de ausência não fosse “adequada”.

MORO PUNIDO E LULA SOLTO. É ISSO MESMO? Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. R.A.F disse:

    O congresso é o atraso do Brasil! Que se fechem acordos do Mercosul, pq o congresso só gasta dinheiro com converseira q não dá fruto.

Ler comentários