Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente da ANS se reuniu com Hapvida dias depois de doação ao PP

Paulo Rabello, que presta depoimento à CPI nesta quarta-feira, teve dois encontros com representantes da operadora de planos de saúde
Presidente da ANS se reuniu com Hapvida dias depois de doação ao PP
Foto: Pedro França/Agência Senado

O diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello, se reuniu duas vezes com representantes da operadora de saúde Hapvida dias depois de executivos da empresa terem doado 300 mil reais ao diretório nacional do Progressistas, em dezembro do ano passado, diz a Crusoé.

Rebello presta depoimento à CPI da Covid no Senado neste momento.

“As reuniões com a Hapvida ocorreram quanto Rebello era diretor de Normas e Habilitação das Operadoras da ANS e havia acabado de ser indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir o comando da agência, por influência do deputado Ricardo Barros, líder do governo na Câmara e tesoureiro do Progressistas. Aos senadores, Rebello negou ter sido indicado ao cargo por Barros.”

“Segundo a agenda oficial de Rebello, foram duas reuniões com representantes da Hapvida ‘para tratar do assunto relevante e de interesse a operadora Promed BH’, comprada em setembro do ano passada pelo grupo. As audiências por videoconferência ocorreram nos dias 21 e 29 de dezembro.

Naquele mês, três acionistas da Hapvida fizeram seis transferências para a conta do Progressistas, no valor total de 300 mil reais, entre os dias 4 e 18 de dezembro. Metade do valor foi repassada por Cândido Pinheiro Koren Lima, fundador da Hapvida.”

Leia aqui a reportagem completa.

Mais notícias
TOPO