Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente da CNA diz ser amigo do embaixador da China e que Tereza 'contorna rompantes'

Presidente da CNA diz ser amigo do embaixador da China e que Tereza contorna rompantes
Foto: Reprodução

Há pouco, em coletiva para divulgação do balanço do agronegócio brasileiro em 2020, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, disse, inicialmente, que o setor “não deve ter ideologia, nem bandeira” e evitou entrar na polêmica das recentes declarações do deputado Eduardo Bolsonaro sobre a China.

O Antagonista ponderou que a embaixada da China passou a fazer ameaças e perguntou como está a relação de João Martins com o embaixador e com o Palácio do Planalto.

“Nós temos constantemente contato com o embaixador chinês. No início da pandemia, ele perguntou se iríamos honrar com os compromissos de exportação. Tenho com ele até uma amizade pessoal. No meu aniversário, ele manda brinde. No aniversário dele, eu mandei brinde também. Uma coisa não tem nada a ver com outra. O brasileiro produz com qualidade e quantidade e tem qualidade para exportar para a China e para diversos países.”

Sobre a relação com o Palácio do Planalto, o presidente da CNA sinalizou que não é papel da entidade tentar apagar incêndio.

“São os ministros dele [que têm que fazer isso]. A ministra Tereza [Cristina, da Agricultura], constantemente, tem sido uma pessoa que tem contornado esses rompantes. Não do filho do presidente. O filho do presidente não é presidente, os filhos do presidente são apenas deputado e senador. O presidente é Jair Bolsonaro. Ele que temos que ouvir. É uma relação profissional. A CNA tem que se portar com profissionalismo, é a representante dos produtores rurais de todas as ideologias.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO