Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente da Comissão do Voto Impresso encerra sessão e deixa deputados falando sozinhos

Momentos antes, comissão havia rejeitado requerimento de retirada de pauta
Presidente da Comissão do Voto Impresso encerra sessão e deixa deputados falando sozinhos
Reprodução/TV Câmara/YouTube

O presidente da Comissão do Voto Impresso, Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), acaba de encerrar subitamente a sessão, deixando vários deputados falando sozinhos.

Momentos antes, a comissão havia rejeitado por 22 votos a 12 um requerimento de retirada de pauta, e portanto iria votar hoje o parecer de Filipe Barros (PSL-PR).

Martins disse aos colegas que Barros “manifestou o desejo de fazer modificações no texto”, uma prerrogativa dele (Barros).

Martins citou um inciso do artigo 57 do regimento interno da Câmara: “[s]e ao voto do Relator forem sugeridas alterações, com as quais ele concorde, ser-lhe-á concedido prazo até a reunião seguinte para a redação do novo texto”.

Porém, nenhuma alteração foi abertamente sugerida durante a sessão de hoje, e a Comissão já cancelou suas duas últimas reuniões.

Caroline de Toni (PSL-SC), autora do requerimento de retirada de pauta, disse que Barros está analisando mudanças.

A manobra foi protestada por vários deputados. Um deles chamou Martins de “picareta!”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO