Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente da CPI cobra posicionamento da pasta de Queiroga sobre uso da cloroquina

Com a omissão do Ministério da Saúde até aqui, está prevalecendo o entendimento de Jair Bolsonaro sobre o tema
Presidente da CPI cobra posicionamento da pasta de Queiroga sobre uso da cloroquina
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Na última quinta-feira, em depoimento na CPI da Covid, Marcelo Queiroga disse que não faria “juízo de valor” sobre o uso da cloroquina no tratamento de pacientes com Covid porque o tema seria tratado na Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS).

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD), cobrou o ministro da Saúde hoje.

“Ainda não houve a decisão da Conitec, seja contra ou a favor. O pior de tudo, neste momento, é essa omissão, que permite que ainda distribuam cloroquina nas unidades básicas de saúde”, disse o senador a O Antagonista.

É claro que, com a omissão da Conitec e de Queiroga, está prevalecendo o entendimento de Jair Bolsonaro sobre o tema, que não perde oportunidade alguma de propagandear o medicamento sem eficácia contra a Covid.

“Espero que o presidente contribua, ajude. Ele é uma liderança, ele lidera a nação”, acrescentou Aziz.

Não há prazo para a Conitec se posicionar.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO