Presidente da Infraero é contra privatização, mas faz questão de vista para o mar

Antônio Claret de Oliveira, presidente da Infraero, como registramos mais cedo, voltou a defender que não é hora de privatizar a empresa.

Em agosto, o indicado do PR para comandar a estatal fez uma visita de rotina ao Aeroporto de Jacarepaguá, no Rio.

O Antagonista obteve a nota fiscal da diária do hotel da qual ele usufruiu, acompanhado da esposa, em um apartamento com vista para o mar na zona sul.

Valor da diária bancada pela Infraero: R$ 1.586,45.

 

19 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Esse senhor deve ser uma pessoa isenta para dar opinião à imprensa sobre se a companhia que ele preside deve ou não ser privatizada. Acho que as redações deveriam respeitar mais a inteligência alheia coisa que aparentemente passaram a negligenciar. Deve ser por isso que até hoje se entrevista a Janete para ouvir dela a opinião sobre seu impeachment.

  2. Algo cheira muito mal, busquei na internet os hotéis pertencentes a essa empresa, no Rio de Janeiro, e, descobri que são dois, sendo apenas um com as descrições da nota, o Prodigy Hotel Santos Dumont, então, fui até ao site do hotel e descobri que a suíte mais cara, com reserva de uma noite, para duas pessoas, para amanhã (05/09/17), custa R$ 404,10. Alguém está levando a diferença.

    1. Amigo Abner:
      Vc não entendeu…..o cara deve ter pedido champanhe francês,caviar Beluga,vinhos italianos etc etc
      Quem nunca comeu melado qdo come se lambuza……qdo o dinheiro não sai do seu bolso é muito fácil e prazeroso sair gastando né não ?????????
      Paulada nessa corja,sempre pronta a dilapidar o patrimônio público……

    2. Será que esse Claret presidente da Infraero é parente do Vinícius Claret, doleiro do esquema de Cabral, apelidado de Juca Bala, preso no Uruguai em março deste ano?

    1. Será que esse Claret presidente da Infraero é parente do Vinícius Claret, doleiro do esquema de Cabral, apelidado de Juca Bala, preso no Uruguai em março deste ano?

  3. Este País só tem gente com capacidade ilimitada de mamar nas tetas do contribuinte. Chega de gastança sem fim. Nunca teremos um dia sem tantas mediocridades no Governo. Bolsonaro já e depois le fará um convite às Forças ARmadas para ajudá-lo na árdua tarefa de limpar o Brasil. É a única esperança que temos para acabar com tanta corrupção.