Presidente da Infraero suspende funcionário por “ofensas morais”

Enquanto a Infraero está quebrada, o presidente Antônio Claret pune quem tem escancarado suas incoerências.

O Antagonista soube que ele determinou dez dias de suspensão para Alex Fabiano Oliveira da Costa, que está à frente da Associação Nacional de Empregados da Infraero (Anei). Claret alegou “ofensas morais”.

O presidente da Anei se revoltou depois que descobriu que o chefe da Infraero anda voando para casa com dinheiro da Infraero, como mostramos aqui.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 9 comentários
  1. Esse Claret merece uma maior verificação.
    Aqui dentro comentam que ele só trouxe amigos sem qualquer currículo para Diretoria da Empresa.
    Não bastasse, seus gastos são nababescos.
    Para pagar de “menino cristão” o mesmo se rebelou na semana passada com sua Excelência o Ministro, tudo com aval do homem mais honesto do PR, o Valdemar.
    O Brasil não aguenta mais!

  2. Quando os bons se calam………..se tornam cúmplices!!!!
    Por essas e muitas outras estamos com o nosso país numa situação falimentar.
    Roubado descaradamente por quem detinha o poder, com a conivência e o silêncio de muitos.

    1. inclusive o assim denominado POVO. Os poucos que nao se calam o fazem em local de pouco efeito. Tem que vociferar é nas RUAS e nao só no teclado. Essa turba é covarde e medrosa. Morrem de medo de multidao indignada. Se o POVO nao fosse tao acomodado, tenho certeza que essa farra já tinha diminuído.

  3. Esse tal Claret é o mesmo engenheiro Dr.(?) Antônio Maria Claret Reis de Andrade, que foi presidente da COSIPA , e que na sua gestão entre 1978 a 1980 (aprox), roubou pra KCT e nada aconteceu ???

    1. Não, esse é o que foi demitido da V&M por compras mal explicadas, do trabalho escravo infantil nas carvoarias (que deu até CPF na Assembléia de Minas), da nomeação do amigo do filho para a diretoria financeira e …

  4. Uma auditora da , receita que foi transferida por incompatibilidade administrativa
    por haver descoberto um enorme esquema de crimes financeiros internacionais porque o motoboy com a “encomenda” se atrasou e o funcionário do esquema já não mais se encontrava no local para atender . .. Incompatibilidade Administrativa . Pode ? Tudo oficial . A apreensão e a portaria de remoção.

  5. Com a bênção do STF! Se os ministros da corte suprema fazem o que fazem, por que o Pavão não pode fazer, né não? Lema do governo Temer: “Desordem, Cortupção e Subdesenvolimento”.