Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Presidente da República é bem-vindo em qualquer partido", diz liderança do PSC

“Presidente da República é bem-vindo em qualquer partido”, diz liderança do PSC
Foto: Reprodução

Mais cedo, O Antagonista noticiou que Jair Bolsonaro sinalizou nos bastidores sua intenção em retornar ao PSC, um dos partidos com os quais negocia. O presidente precisará de uma legenda para tentar a reeleição no ano que vem.

O ex-senador Marcondes Gadelha, que é o presidente em exercício do partido — Pastor Everaldo está preso –, disse que prefere aguardar as negociações para comentar o assunto. Ele negou que tenha chegado à executiva nacional da sigla “algum fato concreto” envolvendo possível filiação de Bolsonaro.

Mas deixou as portas abertas.

“É o presidente da República, né? É bem-vindo em qualquer partido, até pela majestade do cargo e pelo o que isso representa em termos de apoio nacional. Indiscutivelmente, é algo de uma relevância muito grande.”

Ponderamos que Bolsonaro está fazendo uma série de exigências e não vai sozinho — levará consigo sua família e apoiadores.

“Vamos aguardar as tratativas”, respondeu Gadelha.

Marcondes Gadelha é ex-senador e ex-deputado pela Paraíba. Em 1989, foi um dos que tentaram lançar a candidatura Silvio Santos ao Planalto. Em 2006, integrou a lista de políticos acusados de integrar a chamada “máfias das sanguessugas”, o escândalo do superfaturamento de ambulâncias — seu processo acabou sendo arquivado por falta de provas.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO