Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Presidente desorientado é coisa perigosa"

“Presidente desorientado é coisa perigosa”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

“No meio de uma pandemia e de uma recessão, o Brasil ficou com um presidente sem partido, sem projeto e sem aliados”, diz Elio Gaspari.

“Para quem não gosta dele, pode ser motivo de alegria, mas daqui a pouco vai se perceber como é perigosa essa situação (…).

A crise sanitária, os números da economia e o resultado da urnas mostraram que o negacionismo de Bolsonaro foi além das derrotas. Ele saiu de moda, mas ficará no Planalto, sem rumo. Presidente desorientado é coisa perigosa. Em julho de 1961, o tresloucado Jânio Quadros cogitava alguma aventura nas Guianas”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO