Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente do Banco do Brasil confirma permanência na Febraban

Fausto Ribeiro disse que episódio envolvendo manifesto em defesa da democracia pode "reforçar mecanismos internos na Federação que favoreçam o diálogo"
Presidente do Banco do Brasil confirma permanência na Febraban
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Banco do Brasil acaba de divulgar uma nota confirmando que não tem intenção de se desassociar da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

Na noite de ontem, como noticiamos, a Febraban reafirmou seu apoio a um manifesto em defesa da democracia às vésperas do 7 de Setembro, quando bolsonaristas, incitados pelo presidente da República, prometem ir às ruas em nome da “liberdade”. O teor do manifesto provocou atritos internos no Banco do Brasil e na Caixa, bancos públicos.

“Chegamos a um entendimento que é fruto de discussões respeitosas entre as partes e que não inibe a livre expressão de qualquer membro da Federação. O comunicado da Febraban, por um lado, reafirmou sua convicção pelo conteúdo pacífico e equilibrado do manifesto e, por outro, acena ao BB e à CEF quando registra a desvinculação do movimento liderado pela FIESP, contribuindo para a solução do impasse”, disse o presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro.

Na nota, Ribeiro também fala em “importante história construída” pela Febraban e acrescenta que o episódio poderá “contribuir para reforçar mecanismos internos na Federação que favoreçam o diálogo e reforcem o papel da Febraban como importante agente de desenvolvimento do País”.

A Caixa divulgou curto comunicado afirmando que “o caso está encerrado” e “não tem mais nada a acrescentar”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO