Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente do Instituto Teotônio Vilela indicou cunhado para governo Bolsonaro

Pedro Cunha Lima indicou o cunhado Evaldo Cavalcanti Neto para a superintendência da Sudene. O deputado comanda órgão que trata da formação política do PSDB
Presidente do Instituto Teotônio Vilela indicou cunhado para governo Bolsonaro
Foto: Diculgação/PSDB

Contrário ao anúncio da executiva nacional do PSDB de oposição ao governo Bolsonaro, o presidente do Instituto Teotônio Vilela, deputado Pedro Cunha Lima (PB), indicou o cunhado Evaldo Cavalcanti da Cruz Neto para a superintendência da Sudene.

A nomeação ocorreu em março do ano passado e Cruz Neto ainda comanda a Sudene.

Em entrevista à Rádio Correio FM, Cunha Lima declarou ser contra uma posição radical de oposição a Bolsonaro, como a dos petistas. Sua manifestação chama a atenção por ser presidente do instituto que cuida da formação política dos tucanos.

A executiva nacional do PSDB decidiu, após os atos do 7 de Setembro, que ficará na oposição a Bolsonaro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO