Presidente do PDT diz que processo de Tabata terá amplo direito de defesa

O presidente do PDT, Carlos Lupi, prometeu divulgar uma gravação em que os deputados do partido decidem, “de forma unânime”, o fechamento de questão contra a reforma da Previdência.

Em entrevista ao Globo, Lupi comentou a decisão de oito dos 27 parlamentares da sigla por contrariar a posição do partido – principalmente, sobre a situação de Tabata Amaral.

“Não existe nenhum tipo de agravamento em análise prévia. A decisão [sobre a expulsão dos deputados] e a deliberação final é do Diretório Nacional. O que está acontecendo agora? Um processo com o amplo direito de defesa.”

E acrescentou, sobre o desejo que tinha de candidatar Tabata para a prefeitura de São Paulo:

“Ela está demonstrando não ter compromisso com as orientações do partido. Isso fragiliza essa minha opinião. Era uma opinião pessoal, que ela sempre rejeitou: ‘Não quero, não quero’, dizia. Eu estava insistindo. Mas o comportamento dela mostra, na base partidária, que a minha opinião pessoal está fragilizada.”

Comentários

  • Henry -

    Lupi representa o que há de mais podre na política. Quem é ele para falar em ética, aliás, tudo que ele fez na política passa longe de qualquer ética.A prisão seria o mais justo para este apro

  • JOSÉ -

    Kkkkkk hackeou os políticos? 😂😂😂

  • Ricardo -

    Tábata vai para o PSL garota mimada !!!!

Ler 26 comentários