Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente do Senado defende CPI da Covid semipresencial

Presidente do Senado defende CPI da Covid semipresencial
Reprodução/TV Senado/YouTube

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), declarou que as atividades da CPI da Covid vão ocorrer de forma semipresencial. Porém, ele destacou que caberá ao colegiado definir quais atos serão presenciais ou não.

“O trabalho da CPI será definido pela própria comissão. Deverá haver um acordo sobre os procedimentos que necessariamente devem ser feitos de maneira presencial, e muitos atos, na sua essência, impõem serem presenciais, e aqueles atos que, porventura, possam ser passíveis de serem realizados pelo sistema virtual”, disse o presidente do Senado há pouco.

“Pela essência da CPI, inquirição de testemunhas, exames de provas e outras medidas da CPI, que demandem ser presenciais, caberá à Presidência do Senado, à Secretaria-Geral da Mesa, à Diretoria-Geral do Senado garantir toda a segurança sanitária para o funcionamento da comissão”, complementou Pacheco.

Durante a coletiva, Pacheco ressaltou que a CPI da Covid será instalada na semana que vem.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO