Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente do STJ mantém prisão preventiva de DJ Ivis

O ministro Humberto Martins rejeitou um pedido de habeas corpus apresentado por um perito judicial; o músico foi detido após agredir a ex-esposa
Presidente do STJ mantém prisão preventiva de DJ Ivis
Foto: Reprodução/Instagram/@djivis

O presidente do STJ, ministro Humberto Martins, negou pedido para revogar a prisão preventiva do músico DJ Ivis.

Ele foi detido na última quarta-feira (14) depois de agredir a ex-esposa, Pamela Holanda. A decisão é de sexta-feira (19), mas só foi publicada hoje.

O pedido não foi impetrado pelos advogados do músico e foi apresentado por Lucas Ferreira Vaz Lionakis, apontado pelo tribunal como umperito judicial”. Segundo o ministro Humberto Martins, se o HC fosse aceito, poderia prejudicar a linha defesa do DJ.

“Nessas situações, um eventual julgamento precipitado pode comprometer a linha de defesa que venha sendo desenvolvida pelo próprio acusado e seus advogados constituídos, resultando em prejuízo manifesto ao ora paciente.

O magistrado também alegou que não ficou demonstrado que o STJ tem competência para analisar o caso, já que o habeas corpus pode ter chegado ao Corte sem passar pelas instâncias inferiores.

“Inexiste nos autos documentos demonstrando a real situação do ora paciente. Não é possível saber sequer se o Superior Tribunal de Justiça é competente para apreciar o pedido, pois não há notícia de que o tribunal de origem tenha examinado as questões ora alegadas.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO