Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidentes de Tribunais de Justiça criam colegiado próprio

Os atuais presidentes dos Tribunais de Justiça de todo o Brasil forçaram a criação de um novo colégio formado exclusivamente por eles, sem a participação de ex-presidentes, como O Antagonista antecipou aqui na semana passada.

Em São Paulo, ontem — portanto, na data em que revelamos –, houve a primeira reunião do novo colegiado, que será presidido pelo presidente do TJ do Mato Grosso, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha.

Os presidentes dos Tribunais de Justiça estão em busca de mais poderes. O colegiado existente até então incluía também os ex-presidentes, acusados pelos atuais de quererem “dar as cartas” nas decisões do colegiado.

No último encontro, em dezembro, houve discussões acaloradas nesse sentido. Na ocasião, os atuais tentaram alterar o estatuto vigente, justamente para limar os ex-presidentes do grupo. A alteração, no entanto, exigia quórum alto e os ex acabaram vencendo a batalha, levando os atuais chefes de tribunais a decidirem pela cisão.

Pelas normas do novo colégio, desembargadores que deixarem a função de presidente serão automaticamente excluídos, dando total poder ao seus sucessores.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO