ACESSE

Preso diz que Adélio se aproximou do PCC e agora quer matar Michel Temer, além de Bolsonaro

Telegram

Um preso relatou ao juiz que cuida do processo de Adélio Bispo, autor da facada em Jair Bolsonaro, aproximou-se do PCC e agora pretende matar também Michel Temer. Ele usaria uma arma fornecida pela facção criminosa, informa a Crusoé.

O depoimento foi usado pelo juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, para justificar a permanência de Adélio num presídio federal em Campo Grande. Segundo o juiz, ele apresenta uma ameaça à segurança de Bolsonaro.

Leia AQUI a reportagem de Ana Viriato.

Leia mais: Brasil precisa dos DADOS REAIS sobre a Covid-19

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 72 comentários