ACESSE

Preso em Tremembé, Natalino Bertin não explica valor pago pelo BNDES na fusão com JBS

Telegram

Natalino Bertin, preso em Tremembé, foi ouvido hoje por integrantes da CPI do BNDES. O empresário não soube explicar os detalhes da polêmica incorporação do frigorífico Bertin pela JBS em 2009.

No ano passado, o TCU identificou um prejuízo de R$ 670 milhões (em valores da época) para o BNDES, que injetou R$ 2,5 bilhões no Bertin meses antes do negócio com o grupo de Joesley Batista.

Segundo apurou O Antagonista, Natalino entrou em contradição ao falar da Blessed Holding, offshore supostamente criada por Joesley como artifício para embolsar R$ 3 bilhões sem pagar impostos.

A CPI agora vai pedir ao BNDES as atas da comissão que avaliou o negócio.

Exclusivo: os grampos da farra de Joesley Batista com os poderosos. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 15 comentários