Preso, ex-subsecretário de Ibaneis é filho de assessor da primeira-dama do Piauí

Ex-subsecretário da Secretaria de Saúde do DF, Iohan Andrade Struck tem relações com figuras importantes do governo do Piauí.

Struck é acusado por fraudar contratos públicos e desviar, com outras seis pessoas, R$ 18 milhões dos cofres públicos. Ele se entregou à polícia esta semana após passar um mês como foragido e ter o nome incluído na lista vermelha de difusão da Interpol.

O investigado pelas fraudes no DF é filho de Alfonso Struck Júnior, um dos assessores da primeira-dama do Piauí, a deputada Rejane Dias (PT-PI).

Antes de integrar a equipe de Rejane em Brasília, Alfonso trabalhou por anos na Superintendência de Representação do Estado do Piauí no DF.

A relação do governo do DF com o Piauí vai além da família Struck. O governador Ibaneis Rocha (MDB) cresceu em Correntes (PI), onde tem fazendas, e tenta instalar uma agência do Banco Regional de Brasília (BRB) no estado.

A influência de Ciro Nogueira (PP-PI) no governo Ibaneis também é investigada pelo Ministério Público do DF, que encontrou indícios do envolvimento de pessoas ligadas ao senador do Progressistas nos esquemas sob apuração.

 

 

Todo mundo já sabe que o GDF virou uma espécie de embaixada do Piauí. Pois não é que o prodígio Iohan Struck, que aos 27 anos ocupava o cargo de subsecretário de Administração Geral na Sec. Saúde do DF, até ser preso, também tem sua conexão Piauí?

O pai de Iohan, Alfonso Struck Júnior, é servidor há anos da Superintendência de Representação do Estado do Piauí no DF (ver no anexo)… e há muito tempo é cedido à Câmara dos Deputados (atualmente no gabinete da deputada Rejane Dias, que vem a ser também a primeira-dama do Piauí).

Como se sabe, quem também era servidora da Representação do Piauí no DF (entre outros cargos que acumulava) é a vice-presidente do Iges-DF, Emanuela Ferraz.

Iohan, que chefiava as compras na Sec. Saúde, é casado com Larissa Ferraz Struck, que logo após se casar assumiu um cargo de chefia na área de compras no… Iges-DF!

Leia mais: Escândalos à vista: os novos aliados de Bolsonaro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários
TOPO