Preso por fraude no Fies doou meio milhão a João Doria

Preso hoje pela Polícia Federal na Operação Vagatomia, o empresário José Fernando Pinto da Costa, dono da Universidade Brasil (Uniesp), doou R$ 500 mil para a campanha de João Doria ao governo de São Paulo.

Pinto da Costa é acusado de comandar esquema de fraude na concessão do Fies e também na comercialização de vagas e transferências de alunos do exterior, principalmente Paraguai e Bolívia, para o curso de medicina em Fernandópolis (SP).

O empresário também doou R$ 2 mil a José Aníbal, candidato a deputado federal não eleito.

Doria faz o contrário de Bolsonaro. Alternativa à direita para 2022? Confira
Mais notícias
TOPO