ACESSE

Pazuello prefere a caserna

Telegram

Eduardo Pazuello tem sido pressionado a pedir para ir à reserva do Exército, como um movimento para dissociar as Forças Armadas do governo, como fez Luiz Eduardo Ramos.

O desgaste ficou ainda mais forte após Gilmar Mendes dizer, em entrevista, que o Exército estava se associando a um “genocídio”, por ter um representante no Ministério da Saúde.

O Antagonista apurou que Pazuello tem dito a militares próximos que prefere voltar à caserna.

General de três estrelas, o ministro interino acredita que é melhor voltar ao Exército, onde tem mais algum tempo no batente, do que ficar no Ministério da Saúde, um cargo temporário.

Os mesmos interlocutores afirmaram também que Pazuello não vai deixar o cargo por vontade própria, mas que deve “cumprir a missão” na expectativa de Jair Bolsonaro escolher um sucessor para a pasta, que está há 60 dias sem ministro titular.

Foto: Alan Santos/PR

Leia mais: Gilmar Mendes x militares: conheça os bastidores do caso aqui.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 27 comentários