Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pressionado, Bolsonaro quer 'estrutura partidária' para montar palanques regionais

Presidente da República alega que não tem tempo para esperar a criação de um partido para chamar de seu: 2022 está logo ali
Pressionado, Bolsonaro quer estrutura partidária para montar palanques regionais
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em conversa com aliados na noite de ontem no Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro abandonou de vez o projeto da criação do partido Aliança pelo Brasil.

O presidente disse que pretende fazer uma ampla aliança para 2022 e que seu objetivo é eleger “26 dos 27 governadores”.

No encontro, Bolsonaro afirmou que vai precisar de estrutura partidária para as próximas eleições. Avaliou que, por essa razão, não pode mesmo esperar a criação de um partido do zero.

De acordo com pessoas que estavam no encontro, Bolsonaro declarou que “não poderia esperar, enquanto o outro cresce”, em referência ao ex-presidente Lula.

O presidente negocia com vários partidos, como Brasil 35 (ex-Partido da Mulher Brasileira),  PTB, PRTB e o PP, do senador Ciro Nogueira.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO