ACESSE

Previdência: "O tempo tem passado", diz secretário

Telegram

Marcelo Caetano, secretário da Previdência do Ministério da Fazenda, reforçou à Reuters que a reforma da Previdência é necessária e urgente.

“O tempo tem passado e ela não foi feita.”

E mais:

“Quanto mais adiarmos (pior). Por enquanto a gente ainda consegue tocar uma reforma de natureza preventiva, mas essa procrastinação pode nos levar a uma situação como Grécia e Portugal com redução de aposentadorias e pensões já concedidas.”

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Comentários

  • Nobre -

    Eu gostaria dos políticos: que nos deixem tocar nossa vidinha de trabalho, que não causem incômodos para nós, que não nos obriguem a ficar de vigília para sabermos se estão fazendo ou não uma

  • Nobre -

    Sr Marcelo Caetano, sabe o que é pior hoje? Não pensar direito nos milhares de brasileiros e brasileiros que começaram trabalhar com menos de 16 anos; e, pior também é falar em aumento para o stf

  • CLAUDIO -

    "O tempo passa, o tempo voa!" Mas tem muita gordurinha pra queimar por aí!

Ler 13 comentários