Previdência: “O tempo tem passado”, diz secretário

Marcelo Caetano, secretário da Previdência do Ministério da Fazenda, reforçou à Reuters que a reforma da Previdência é necessária e urgente.

“O tempo tem passado e ela não foi feita.”

E mais:

“Quanto mais adiarmos (pior). Por enquanto a gente ainda consegue tocar uma reforma de natureza preventiva, mas essa procrastinação pode nos levar a uma situação como Grécia e Portugal com redução de aposentadorias e pensões já concedidas.”

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Eu gostaria dos políticos: que nos deixem tocar nossa vidinha de trabalho, que não causem incômodos para nós, que não nos obriguem a ficar de vigília para sabermos se estão fazendo ou não uma

Ler mais 12 comentários
  1. Eu gostaria dos políticos: que nos deixem tocar nossa vidinha de trabalho, que não causem incômodos para nós, que não nos obriguem a ficar de vigília para sabermos se estão fazendo ou não uma

  2. Sr Marcelo Caetano, sabe o que é pior hoje? Não pensar direito nos milhares de brasileiros e brasileiros que começaram trabalhar com menos de 16 anos; e, pior também é falar em aumento para o stf

  3. Junto com a reforma acabar com o REFIS e outras ajudas a não pagadores dos tributos devidos. Há bancos com dívidas milionárias…e isso também é preciso falar e ninguém fala…NEM O Antagonista

  4. Se colocarem em pauta uma reforma da previdência com esse congresso que aí está, é perigoso eles colocarem 40 anos a idade mínima para aposentadoria e 20 anos de contribuição. Lixo esse congr

  5. Com um congresso como este, qualquer medida saneadora torna-se quase impossível. Portanto, quando se fala em fechá-lo, vem o trá-lá-lá. Ele só funcionou no tempo dos militares, pois apenas obede

  6. Espero que esse senhor seja exonerado,transferido para qualquer buraco das Administração Pública.Sempre foi um pau mandado do PT/MDB criando clima de guerra nessa famigerada reforma da Previdência