Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Primeira colocada da lista tríplice pede que Bolsonaro respeite escolha de procuradores

A subprocuradora-geral da República Luiza Frischeisen criticou a decisão tomada em 2019 pelo presidente, que ignorou a lista tríplice
Primeira colocada da lista tríplice pede que Bolsonaro respeite escolha de procuradores
Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado

A subprocuradora-geral da República Luiza Frischeisen, a mais votada na lista tríplice da ANPR para PGR, disse que não vai se curvar a autoritarismos caso seja escolhida por Jair Bolsonaro para o posto.

Em entrevista a O Globo, Frischeisen criticou a decisão tomada em 2019 pelo presidente, que ignorou a lista tríplice e escolheu Augusto Aras como PGR. Bolsonaro pode reconduzí-lo ao cargo, desrespeitando a lista tríplice mais uma vez.

“A lista tríplice é a afirmação da nossa democracia interna, por isso sentimos o dever histórico de participar, ainda que o ambiente externo possa não parecer amigável. Quando o presidente não considera, ele aponta que não quer dialogar com a sociedade nesse ponto. Não há nada de corporativismo na lista tríplice, e os últimos dois anos desmistificaram isso.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO