ACESSE

A primeira mulher na equipe de transição

Telegram

O Globo registra que uma coronel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal é a primeira mulher nomeada para o grupo de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Márcia Amarílio da Cunha Silva já participa das reuniões no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde se reúne a equipe, e sua nomeação deve ser publicada nos próximos dias.

Márcia Silva é assessora parlamentar do Conselho de Corpos de Bombeiros. Ela é especialista em segurança pública e chegou ao time de Bolsonaro por meio de um grupo formado por generais da reserva, comandado por Augusto Heleno, indicado como ministro da Defesa.”

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Comentários

  • Reaça -

    Seguindo ao princípio da meritocracia como Bolsonaro vem falando há alguns anos. Quem pensou em cota?

  • Jocélio -

    Engraçado a hipocrisia desses pessoal, não fizeram "festa" pelo resultado da Joice Hasselmann, Janaina Paschoal e nem para o Hélio Bolsonaro, e agora ficam com esse mimimi de esquerda.

  • ORCRIMvsBolsoMoroGue -

    Ué, Bolsonaro não é misógino, segundo a mídia é a esquerda!?!?

Ler 22 comentários