Primeiro a mordaça, depois o foro

O Estadão informa que os senadores pretendem votar primeiro a lei de abuso de autoridade. Só depoisdeverão se preocupar com o fim do foro privilegiado.

É a ORCRIM colocando, mais uma vez, sua sobrevivência acima dos interesses nacionais.