Primeiro turno do auxílio emergencial vai ser votado na quinta, diz Pacheco

Primeiro turno do auxílio emergencial vai ser votado na quinta, diz Pacheco
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que pretende votar o primeiro turno da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que cria o novo auxílio emergencial na próxima quinta (25).

O demista também tentará conversar com senadores para que o plenário vote o segundo turno em seguida.

“Há a possibilidade de quebra de interstício, mas a quebra só poderá ser feita se for acordado no plenário. Caso os senadores não aceitem, o segundo turno será votado tão logo o prazo seja concluído”, afirmou.

Ele também disse que o benefício “é absolutamente necessário no Brasil”, mas que o Congresso Nacional precisa ter responsabilidade fiscal.

“O que nós estamos fazendo é estabelecer uma contrapartida para mostrar que o Congresso tem compromisso com o país”, declarou.

O novo benefício deve durar por quatro meses.

 

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO