A prioridade “zero” do governo Bolsonaro, segundo Ipea

O presidente do Ipea, Ernesto Lozardo, disse ao Broadcast do Estadão que a criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA) com adesão opcional para Estados deveria ser a prioridade “zero” do governo Jair Bolsonaro.

“Não queremos criar uma jabuticaba tributária no Brasil. Vamos fazer o que todo mundo faz. São 170 países que têm o IVA”.

O novo imposto, incidente sobre consumo, vai fundir PIS/Cofins, Cide e IPI num IVA federal, com alíquota inicialmente estimada em 21%.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 101 comentários
  1. 21% tá na média mundial. IVA na Europa: Alemanha(19%), França e Reino Unido(20%), Holanda(21), Itália(22), Suécia(25). IVA no Mercosul: Argentina(21), Uruguai(23). Link goo.gl/GScmts

  2. Espero que Paulo Guedes tenha trocado ideias com Everardo Maciel, que entende de tributos como poucos no Brasil. Consultor internacional em tal área, Everardo terá sugestões úteis.

  3. Eu queria pagar só as “sales taxes” como todo pobre dos EUA. 8% sobre o que você compra e o governo não enche mais seu saco. Aqui a gente paga imposto embutido por produto e passa de 50% fácil.

    1. 100% de acordo! EUA sabe impostos são menos consumo, menos indústrias, consequente. menos empregos. Brasil sempre contra o Capitalismo! Não é mesmo?

  4. Se é para fazer que se inclua o ICMS também. Ficaria com IPI, ICMS,PIS, COFINS, CSSL Só ficaria de fora o IRPJ. Outra coisa urgente é acabar com o Pagamentoe 20% de INSS sobre a folha das empresas

  5. Nao sou economista, tenho uma pequena empresa e digo, imposto caro e quando nao se tem venda, quando nao se gera emprego, economia aquecida, paga-se com gosto, tanto salario quanto impostos.

  6. Impressionante como ninguém pensa em penalizações como forma de receita. Fiscalização e multa. Nos EUA policial tem cota pra bater. Além de educar a população. Multa é mina de ouro no Brasil.

  7. Impressionante como ninguém pensa em penalizações como forma de receita. Fiscalização e multa. Nos EUA policial tem cota pra bater. Além de educar a população. Multa é mina de ouro no Brasil.

    1. Existe o Sales Tax e o VAT (Value-Added Tax; que é o IVA). Os EUA são praticamente a exceção do mundo, eles não tem o IVA (VAT -Value-Added Tax) mas usa o Salex Tax. Informem-se melhor!

    2. Tem sim iva nos eua.O governo poderia fazer um mecanismo compensatario,rpor exemplo restitui 100% do iva dos valor até 1000 reais gastos por mês.

  8. O Brasil precisa jogar a legislação tributária na lata de lixo. Após, criemos 3 impostos das três esferas. Também, temos de vender todas as estatais e imóveis ociosos. Assim haverá prosperidad

  9. Ele não disse se seria o único imp, porque falar na criação de novo imp alegando que já existe em dezenas de países, quando estes não tem outras centenas de impostos como aqui , me parece deson

  10. Corte despesas, privatização de empresas supérfluas, corte de pelegos petistas e corte de mordomias. Reajuste da tabela do IR, assim o trabalhador paga menos e gasta mais, girando a economia.

  11. Se untar todos num imposto só fica mais facil ver onde o dineiro esta indo.Sugeriria tb um imposto verde (Marina ia adorar) para juntar o IPVA e o imposto sobre petroleo e derivados pra facilitar

  12. Façamos as contas…….21% do IVA federal + 18% IVA estadual = 39% . Um absurdo. A carga tributária total americana está em torno de dos 25%. Que belíssima sugestão, não? Vá se catar.

    1. Leonardo, petista não é contra impostos, eles são a favor, você Leonardo está parecendo petista em que não pode criticar o salvador da pátria que já chega xingando

  13. Painel da FSP já foi bom. Hoje é panfletagem de fofocas. Uma porcaria. Uma fonte de fakes news. Confiança zero. A moça que edita é fraca demais. Remenber “roda viva ” c Bolsonaro.

  14. Todos estão “sugerindo” coisas para queimar o governo Bolsonaro ante a população. Primeiro o Temer, agora esse cara. Pra reorganizar impostos é necessário primeiro corte em gastos.

    1. Bigorna, não fala assim, os fanáticos (bolsominion) não aceitam sugestões contra o salvador deles, é só o Bolsonaro que sabe o que faz, não pode discordar dele

    2. Tem razão. Mas uma ou outra podem nao dar retorno pq sao administrada por incompetentes ou ladroes ou os dois. O q der para vender vende, o q nao der, extingue.

  15. Os comunistas destruirão o país, agora o Bolsonaro tem de corrigir milhões de problemas tudo ao mesmo tempo, e ainda acertar todos no centro do alvo, se errar uma, será sacrificado pelos comunas.

  16. O IVA não é o sales tax dos EUA que não é compensável. E mais: até a decadente Argentina usa o IVA. O IVA segue o princípio do ICMS com compensações, mas é muito mais simplificado do que ess

  17. Essa reforma com o IVA e a informatização de todo o sistema tributário já esta pronta para ser votada, é a PEC 293, que pode ser votada neste final de ano para ser promulgada em Janeir

  18. Japao imposto sobre consumo é 8% e o retorno se ve na pratica aonde os serviços do Estado sao de primeirissima, seguranca, educacao tempo integral, saude, transporrtes sao de primeiro mundo. Kk

  19. A prioridade deveria ser a produtividade. Como produz por 4 brasileiros, a carga tributaria de 10% para um americano equivale a de 40% aqui. Aumentamos o subsídio daqueles que não conseguem competir

  20. Não é verdade que o IVA incidente SÓ sobre o consumo. Ele incide sobre TODA CADEIA PRODUTIVA, sendo cobrado em cada fase. É uma porcaria o IVA e é OCULTO nos preços dos produtos.

    1. SARCÁSTICO, o IVA é cobrado também no consumo. Ele é acrescido na hora do pagamento, ok. Só que o preço que está na gôndola já tem IVA na sua composição que foi cobrado na produção, trans

    2. Só no SALE TAX a total TRANSPARÊNCIA TRIBUTÁRIA. O imposto não está oculto misturado no preço dos produtos. Ele é acrescentado na hora do pagamento pelo consumidor. SALE TAX JÁ.

    3. A porcaria do IVA não é o SALE TAX americano (imposto de venda). Este sim é cobrado só no consumo, este sim não está OCULTO dentro dos preços, escondendo o custo do Estado atrás do empresariad

    4. Oculto coisa nenhuma tanto na Alemanha como nos USA os preços anunciados nas lojas são o do produto, na hora da compra todo mundo sabe que tem que pagar o imposto que varia de País

  21. 21% ainda são um número alto, mas com o país quebrado e em fase de reforma estrutural, a redução do percentual de imposto poderá cair gradualmente. Imagine pagar 21% sobre preços reduzidos na f

  22. Criaram uma parafernália tributária arrecadatória que “Deus me Livre”. Não é só a alta carga tributária, mas também a “burrocracia” criada para o seu recolhimento. Haja!!!!

  23. Que eu saiba, este sujeito não faz parte da equipe do Guedes e já vai inclusive dizendo de quando seria o imposto (21%). Ele deve calar a boca e “colocar o beiço na palanque”!

  24. Parece que Marcos Cintra faz parte da equipe economica e tenho conhecimento que e um dos autores do imposto unico esperamos que agora aconteça para simplificar e desonerar essa barafunda tributaria

    1. Ele está defendendo a proposta de taxação de operações financeiras, q está sendo chamada de “volta da CPMF”. Não está ajudando. Dentro da equipe, a turma q apóia o IVA é outra.

  25. Entendo ser uma alíquota muito elevada. O limite não deveria estar acima de 17% para estimular a circulação de riquezas. Temos que focar no custo absurdo da máquina pública. Cortar, reduzir, enx

    1. Esse é o problema q a gente quer ter: discutir a alíquota de um imposto único. O problema q a gente tem hj – e q não é fácil – é ter um imposto único. Um problema de cada vez e foco na missão