Prioridades, prioridades…

Você leu aqui que Rodrigo Maia mandou criar uma comissão especial para analisar o projeto de lei contra o abuso de autoridade, que estava parado havia seis meses na Câmara.

Já o projeto para acabar com o foro privilegiado — mesmo que desfigurado — foi aprovado no Senado em 31 de maio. No dia 26 de junho, a PEC chegou à CCJ da Câmara. Mais de dois meses depois, escolheram um relator: Efraim Filho, líder do DEM.

Desde então, sabe o que aconteceu?

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Se a PEC do foro chegou à Câmara há exatamente 4 meses e o PL do abuso está parado há 6, eu também priorizaria este último que, ainda por cima, não mexe na Constituição e ten um rito mais simples.

  2. Ler mais 9 comentários
    1. Se a PEC do foro chegou à Câmara há exatamente 4 meses e o PL do abuso está parado há 6, eu também priorizaria este último que, ainda por cima, não mexe na Constituição e ten um rito mais simples.

    2. Que tal todos voces que ficam aqui reclamando com a bunda no sofa, levantarem seus trazeiros e ocuparem as ruas, reclamar do sofa da sala e facil

      1. E não tenha a menor dúvida de que enquanto isso não acontecer eles continuaram o que vêm fazendo em intensidade cada vez maior.

    3. E por não falar disso, como é que ficou a liminar contra Fundo Eleitoral do Dr. Carvalhosa, quem é o relator?

    4. O MELHOR QUE PODERIA ACONTECER AO POVO BRASILEIRO, SERIA ESSE ATUAL CONGRESSO NÃO VOTAR MAIS NADA, POIS SÓ FAZEM LEIS EM BENEFÍCIO PRÓPRIO E CONTRA O POVO.

    5. Muito cuidado com esta gente no final do ano, antes das férias eles, todos os anos, fazem as coisas mais escabrosas, prejudicam o Brasil e ao povo de maneira descarada e desonesta.
      TODA ATENÇÃO É POUCA!

    6. É o fim!!! Essa turma legisla e causa própria. Daí dá para entender porque o Bolsonaro dispara nas pesquisas e só se ouve nas redes pedidos de Intervenção Militar. E os dois vão acabar acontecendo. Terão o apoio popular. Fora Congresso Atual!!!!!

    7. O plano para manter o sistema corrupto agora ficou escancarado: A segunda turma começou a soltar os presos condenados em 2ª instância, sob a liderança do Gilmar Mendes enterraram as possibilidades de investigação em processos que já não andavam, absolveram dilma e temer no TSE, livraram o aécio e o temer daquelas gravações e vídeos evidentes de corrupção, o parlamento está fazendo a sua parte blindando qualquer investigação dos crimes cometidos. Agora só falta a pá de cal que é amordaçar de vez o judiciário, para ele ser mais harmônico ainda.

    Os comentários para essa notícia foram encerrados.