Prisão de Perillo é preventiva

A Polícia Federal informou que a prisão de Marconi Perillo é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado.

O tucano é suspeito de receber 12 milhões de reais em propina de empreiteiras para as eleições de 2010 e 2014.

Perillo, em julho, animado no anúncio do apoio do Centrão a Geraldo Alckmin

O que estão escondendo de você no 2º turno? Confira AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 33 comentários
  1. Perillo era o coordenador de campanha do Alckmin Tucanalha Petralha Odebrecht? Hummmmm entendi. Ahh se houvesse condução coercitiva talvez nao tivesse sido preso. Ops … GM vai soltar HJ ou amanhã

    1. Nesse momento já tem algum servidor do STF pago por mim e por você pra soltar o bandido de estimação dos tucanalhas