Prisão em segunda instância: questão de honra para a PGR

Advogados esperavam que Raquel Dodge e equipe fossem maleáveis em relação à prisão de condenados em segunda instância.

Quebraram a cara.

“Para a atual PGR, a manutenção da prisão para condenados em segunda instância é uma questão de honra. E todos ao seu lado estão fechados com ela”, disse um dos advogados.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 28 comentários
    1. O réu criminal levado à prisão após confirmada sua condenação em 2a. Instância, não é somente uma “questão de honra” para a PGR mas a garantia da preservação dos fundamentos democráticos no Brasil.

    2. Nossa que MARAVILHA!!! A melhor noticia que nós brasileiros de bem, tivemos nesses ultimos tempos! Enfim, uma pessao etica e honradíssima no comando da PGR!!! Raquel dodge tem todo meu respeito, apoio e admiraçao!

    3. Ainda bem. Eu quero mudar o país e não mudar de país. Mas atenção “excelências” eu tenho empregabilidade e $$$ para ir embora. Vcs tenho dívidas que tenham outras alternativas além desta mer… de país. Não sei quais são as suas opções.

      1. Apoiado ! a prisão em segunda instancia e a colaboração (delação para os bandidos e seus advogados) premiada foram as maiores conquistas para democracia jurídica.

        Avante Lava Jato

    4. Pelo menos uma boa notícia!!!!
      Hoje é um dia muito triste. Vão tentar livrar o Aécio de ter o seu mandato encerrado, o que seria justo. Livrando o mineiro, fica bem mais fácil livrar o Lula! É por aí que vai a malandragem da turma!!! Não podemos permitir!!!!

    5. Podem escrever , a ilustre Dodge comprou briga feia com o Gilmar Memes . Ele vai abrir fogo cerrado sobre a novata e ela vai precisar de muito apoio da “banda boa” da justiça .

    6. Isso é teste de caráter.
      .
      A quem interessa o “trânsito em julgado” bananeiro? Aos bandidos e aos advogados que faturam com honorários. Mais ninguém. A sociedade civil não aprova. O direito comparado não concorda.
      .
      Só aqui o Luiz Estevão consegue mais de 90 recursos para adiar o cumprimento da sua pena.
      .
      É bom para os bandidos e para os advogados que ganham mais honorários.