"Privatização é pauta do acionista", diz novo presidente do Banco do Brasil

“Privatização é pauta do acionista”, diz novo presidente do Banco do Brasil
Foto: Bruno Santos/Folhapress

André Brandão, presidente do Banco do Brasil nomeado há pouco por Jair Bolsonaro, deu uma entrevista que foi divulgada somente para os funcionários da instituição.

Perguntado se a privatização do banco está na sua pauta, ele respondeu:

“Privatização é a pauta do acionista. Quem tem que decidir isso é o acionista e acho que o Bolsonaro, mais de uma vez, já falou que não está na pauta.”

Brandão afirmou que chega ao banco para ser “um executivo”. E definiu como pilares de sua gestão “o foco no cliente e em pessoas, a eficiência operacional, a execução estratégica e a rentabilidade”.

Ele também disse que é preciso “continuar fazendo a transformação digital” e sugeriu “parcerias com outras fintechs”, além de defender “flexibilidade” no esquema de trabalho presencial no pós-pandemia.

Brandão afirmou, ainda, que o ministro da Economia, Paulo Guedes, quem o convidou para o cargo, é “muito talentoso em convencer as pessoas”.

Leia mais: Exclusivo: o 'inquérito do fim do mundo' foi usado para apurar secretamente se a Lava Jato tinha ministros do STF na mira
Mais notícias
TOPO