Problema com terreno adiou nova sede

Na busca de um terreno para abrigar a nova sede do Instituto, Lula conseguiu que Gilberto Kassab lhe doasse um terreno de 4,3 mil m2 no centro de São Paulo, avaliado em R$ 20 milhões.

Kassab atropelou a Câmara Municipal e o MP pediu a anulação da cessão do terreno. O caso foiparar na Justiça. Lula tentou disfarçar, alegando que a ideia era construir um “memorial da democracia”.

Mas a versão não colou. “Existe enorme risco de que o imóvel público concedido ao instituto-réu seja utilizado preponderantemente para a promoção pessoal do ex-presidente Lula e de seu partido (PT), já que ele continua com sua atividade político-partidária”, disse o juiz Adriano Marcos Laroca.

O caso ainda está na Justiça.

Projeto do futuro Memorial da Democracia, que ocuparia terreno doado ao Instituto Lula

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200