ACESSE

Procurador da Lava Jato compara escândalos de Uruguai e Brasil

Telegram

“Enquanto, no Brasil, aparecem malas de dinheiro, estamos discutindo cuecas.”

Foi o que disse o ex-presidente uruguaio José “Pepe” Mujica (2010-2015) ao jornal “El Observador”, sobre a renúncia do vice-presidente Raúl Sendic, envolvido em um escândalo pelo uso de cartões corporativos oficiais no período em que, nomeado por Mujica, foi diretor da petroleira estatal Ancap.

O procurador Carlos Fernando Lima, da Lava Jato, comentou no Facebook:

“O escândalo no Uruguai parece brincadeira de criança comparado com o nosso. Mas lá o suspeito renunciou. Aqui eles fazem jantares para arranjarem um jeito de se safarem.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 47 comentários