Procurador do 'miserê' ganhou mais de 4 milhões de reais em cinco anos

O procurador Leonardo Azevedo dos Santos, que chamou de “miserê” seu salário de 24 mil reais — veja aqui –, ganhou, entre 2015 e 2019, 4,1 milhões de reais, segundo levantamento do jornal O Estado de Minas.

Isso sem contar auxílio-alimentação e auxílio-saúde.

Desse jeito, ele vai virar pedinte.

Comentários

  • Antonio -

    E é assim dizendo que ganham pouco que exploram e querem viver em cima dos impostos de nosso país. Impostos que deveria dar melhores condições a todos os brasileiro e não para mordomia de poucos.

  • Miguel -

    Pela minha matemática essa conta não tá fechando.

  • MARCO -

    O cara foi muito babaca!!!

Ler 162 comentários