Procurador-geral de São Paulo é cotado para substituir Felix Fischer no STJ

No sábado, Gianpaolo Poggio Smanio foi o mais votado na eleição interna do Ministério Público de São Paulo, para ser reconduzido ao cargo de procurador-geral de Justiça do estado.

Ele, portanto, encabeçará a lista tríplice a ser encaminhada ao governador Márcio França. Normalmente, o governador escolhe o vencedor da eleição interna.

Ocorre que Smanio é cotado para substituir no final do ano o ministro Felix Fischer, relator da Lava Jato no STJ, pelo quinto constitucional destinado ao MP.

Ou seja, se for escolhido pelo governador, o Ministério Público de São Paulo provavelmente terá de realizar novas eleições.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 6 comentários
  1. Ele é a favor da prisão em segunda instância ou da impunidade? Isto é muito importante para o Brasil, espero uma manifestação pública.
    Recomendo uma posição clara, também quanto ao foro privilegiado!