Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Procurador-geral de SP indica aliado para 'Lava Jato Eleitoral'

Vago desde a saída de Flávio Turessi, que renunciou sem denunciar nenhum político em 11 meses, o cargo de promotor da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo deve ficar com outro aliado do procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, informa Fabio Leite na Crusoé.

Assessor de Smanio há três anos, Fábio Ramazzini Bechara (na foto) deixou às pressas a cadeira de secretário-executivo do MP paulista para voltar a atuar como promotor.

Assim, tornou-se apto a ser indicado pelo procurador-geral para o posto responsável por investigar denúncias de corrupção e lavagem de dinheiro feitas por delatores da Lava Jato.

Leia a reportagem:

A manobra para colocar um aliado à frente da ‘Lava Jato Eleitoral’ em SP

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO