ACESSE

Procurador que acusou Mantega e Palocci de fraudes no BNDES deixará investigação

Telegram

Responsável pelas investigações sobre o rombo do BNDES nas operações com as empresas do Grupo JBS, o procurador Ivan Marx deve deixar o caso, informa Mateus Coutinho na Crusoé.

Marx entra de férias no final de novembro e, a partir de janeiro de 2020, passará a atuar na Procuradoria da República em Naviraí (MS).

Ele foi o único procurador que não aceitou os acordos de colaboração de Joesley Batista e outros executivos do grupo, além de acusar Joesley de participar –com Guido Mantega e Antonio Palocci– de fraudes não citadas nesses acordos.

Leia a reportagem:

Procurador que acusou Joesley, Mantega e Palocci de fraudes no BNDES deixará investigação

 

Exclusivo: os pagamentos de bancos e outros gigantes a Lula e a campanhas do PT, segundo Palocci. CONFIRA

Comentários

  • Ronaldo -

    Mas não foi esse cara que ajudou o Lula e a Dilma em outro caso. Querendo que arquivasse o processo?

  • Ana -

    Toda LJ sendo garroteada... triste demais!

  • Rodolfo -

    Lula de dentro da JAULA em CTBA parece que mandava em grande parte do STF e do MPF. Pra não dizer da mídia e do Congresso Nacional! Imagina quanta grana no exterior esse BANDIDO ainda tem!

Ler 22 comentários