ACESSE

Procurador vê 'elementos suficientes' para investigar dossiê sobre antifascistas, mas vai esperar STF

Telegram

O procurador da República Enrico Rodrigues viu “elementos suficientes” para abrir um inquérito civil sobre o dossiê contra antifascistas produzido pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça (Seopi).

No entanto, ele disse que vai esperar um pronunciamento do Supremo sobre o caso antes de dar andamento ao processo. Na quarta (19/8), o STF vai julgar pedido da Rede contra o dossiê. O partido afirma que a produção desse tipo de documento é inconstitucional.

As informações são do jornal O Globo.

O procurador havia pedido explicações ao Ministério da Justiça logo depois que o UOL revelou a existência do dossiê, em julho. O ministro da Justiça, André Mendonça, se negou a entregar cópia do documento ao MPF, mas demitiu o diretor de inteligência da Seopi, coronel Gilson Libório, e abriu uma sindicância interna.

Para o membro do MPF, as movimentações do ministro são “elementos suficientes que possam indicar a necessidade de conversão da presente notícia de fato em procedimento preparatório ou inquérito civil”.

 

Leia mais: Por que os depósitos de Queiroz para Michelle Bolsonaro NÃO foram incluídos na investigação da 'rachadinha'? Estratégia

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários